Espécies ameaçadas

Devido à limitação dos recursos naturais renováveis, ao aumento da população humana, a necessidade de produzir cada vez mais alimento, a perda, a descaracterização ou fragmentação de habitat, a poluição e as mudanças climáticas globais, muitos animais no mundo inteiro estão a caminho da extinção.

Segundo União Mundial para a Conservação da Natureza (IUCN), a extinção é uma ameaça para 12.259 espécies de animais e plantas, de todo o planeta, e já se transformou em realidade em 762 casos. Outras 58 espécies, já não são mais encontradas em ambiente silvestres, sendo reproduzidas ou conservadas apenas em cativeiro. O Brasil é o quarto país no ranking de animais que estão em perigo de extinção, pois tem 282 animais em risco de extinção, contra 859 dos Estados Unidos, 527 da Austrália e 411 da Indonésia.

Araras e papagaios são exemplares dos mais impressionantes da avifauna tropical. Exatamente por serem belos, com plumagens coloridas, se adaptarem facilmente ao cativeiro, possuírem capacidade de imitar a fala e interagir bem com a população humana, os Psitacídeos são um grupo dos mais ameaçados do mundo. O interesse humano pelas araras é tão antigo que há muitos séculos elas já eram capturadas para servirem como animais de estimação e utilização de suas penas como ornamento. Por isso, o Projeto Arara Azul tem utilizado a arara-azul como espécie
bandeira para a conservação.

Copyright © 2009 - Instituto Arara Azul. Todos os direitos reservados. All rights reserved. Créditos do Portal